CO2 caseiro para aquários plantados – Monte já o seu!

Durante o dia, as plantas realizam a fotossíntese, que é o processo onde elas utilizam o CO2 dissolvido na água do aquário e liberam o oxigênio. Durante a noite ocorre o processo inverso, onde as plantas utilizam o oxigênio dissolvido na água e liberam o CO2, esse processo é chamado de respiração.

Nos aquários plantados, utiliza-se iluminação artificial para que as plantas possam realizar a fotossíntese, ao contrario do cenário encontrado na natureza, onde as plantas recebem uma grande quantidade de luz solar. Cada variedade de planta tem suas próprias exigências, para melhores resultados no aquarismo estas exigências devem ser equilibradas. A utilização de lâmpadas fluorescentes é um dos meios mais econômicos de obter uma quantidade adequada de luz para garantir a sobrevivência das plantas no seu aquário.

Adicionar Co2 as vezes se faz necessário para as plantas, mas nem sempre, alias alertamos que se o aquarista não obter iluminação  e substrato adequado em seu aquário, não adiantará injetar Co2  para beneficiar as plantas, pois outras deficiências serão notadas por elas.

O Co2 funciona como mais um nutriente para que as plantas se desenvolvam.
Material para a garrafa:
  • 1 garrafa de plástico de 2 litros, com tampa;
  • 1 mangueirinha fina de plástico (dessas usadas em aquários com bomba de ar);
  • 1 pedra porosa (opcional);
  • Silicone para aquário.
Procedimento: Faça um furo na tampa da garrafa, de modo que a mangueirinha passe bem apertada por ele. Insira a mangueira até ela entrar cerca de 3 cm abaixo da tampa, e depois passe silicone em volta do furo para selar. Deixe secar por 1 dia. A mangueira deve ser comprida o suficiente para ir da posição da garrafa até o fundo do aquário. Coloque uma pedra porosa na saída da mangueira se quiser bolhas mais finas.
Material para a mistura:
  • 1 colher de chá de fermento BIOLÓGICO (preferencialmente em pó);
  • 2 a 3 xícaras de açúcar refinado;
  • ½ colher de chá de Bicarbonato de Sódio;
  • 1,5 litros de água (preferencialmente de filtro, sem cloro).

    Procedimento: Dissolva bem o fermento, o açúcar e o bicarbonato na água. Despeje dentro da garrafa e feche bem. As bolhas em geral levam cerca de 1 hora para começarem a sair. Um injetor bem montado vai ficar produzindo bolhas por cerca de 10-15 dias.

  • Leia Mais